Câncer de Pele

O câncer de pele é uma patologia muito comum em nosso meio, sendo o tipo de câncer mais frequente.

Muitas vezes, ele é pouco valorizado pelo paciente, pois pode começar como uma pequena lesão, que vai crescendo lentamente. É muito importante acompanhar as lesões de pele com um médico especialista: o dermatologista. Ele faz as avaliações de lesões suspeitas e, em geral, nos encaminha as que requerem uma cirurgia um pouco mais complexa.

 

Em caso de necessidade de retirada dessas lesões, por suspeita de câncer ou mesmo por incomodo estético, a cirurgia pode ser realizada com anestesia local na maioria das vezes, podendo ou não associar uma sedação.

 

Além do câncer de pele (que deve ser retirado), há ainda as queixas de lesões que podem estar em áreas que dificultam as atividades do dia a dia (couro cabeludo, mãos, pés, etc) e que podem ser operadas, se o paciente assim desejar. Vale lembrar que não existe cirurgia sem cicatriz. Sempre tentamos deixá-la o mais discreta e disfarçada possível, mas ela estará sempre lá!

 

Se suspeitou de alguma pinta, mancha ou verruga, procure sem médico para avaliação. Existem formas de câncer de pele que podem ser muito graves, dando inclusive metástase (disseminação do câncer) para pulmão, cérebro, e outros órgãos.

​​

E para a prevenção, nada mais eficiente que o filtro solar, use diariamente e reaplique a cada 3 ou 4 horas.

 

Sua pele e sua saúde agradecem!