Lipoaspiração

A lipoaspiração está entre as cirurgias mais realizadas no mundo. Tem como objetivo a retirada de excesso de gordura localizada em determinada região corporal.

Ela pode ser realizada em áreas pequenas, com retirada de pequeno volume de gordura, ou em diversas regiões simultâneas, inclusive com a utilização dessa gordura em áreas onde pode-se melhorar aumentando o volume, o que chamamos de lipoenxertia. O local mais comum de lipoenxertia é no bumbum, aproveitando a gordura retirada de onde havia excesso para preencher locais nos quais havia pouca quantidade.

 

Quando fazemos lipoaspiração de diversos segmentos corporais, associada ou não à lipoenxertia, podemos ter o que muitos chamam de lipoescultura, procedimento em que usamos a retirada e/ou colocação da gordura para “esculpir” um corpo mais harmônico.

Vale lembrar que a lipoaspiração pode ter resultados muito bons para quem tem aquelas gordurinhas que são muito difíceis de sair, mesmo com dieta e atividade física. Lipoaspiração não tem por objetivo emagrecer. O emagrecimento é fndamental para quem tem excesso de tecido adiposo, sendo a lipoaspiração apenas para “modelar” pequenos acúmulos de gordura. Há limites de segurança da quantidade de gordura corporal que pode ser retirada.

As cicatrizes resultantes são muito pequenas e quase imperceptíveis, tendo cerca de 1 centímetro, e em numero que varia de acordo com as regiões que serão operadas.

A anestesia realizada depende da área a ser operada, podendo variar de anestesia local até anestesia geral.

Av. Ten. Haraldo Egidio de Souza Santos, 757

Jd. Chapadão - Campinas - SP

Fone: (19) 2517 2417
WhatsApp: (19) 97117 2471

E-mail: contato@julianastaut.com

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Powered by Mr. Web

© Copyright 2016 - Juliana Staut CRM 129529 - Todos os diretos reservados.

As informações contidas neste site são de caráter informativo e educacional. O seu conteúdo não pode ser utilizado para auto-diagnóstico, tratamento e auto-medicação. Em caso de dúvida, o profissional médico deverá ser consultado